01/08/2015


A natureza tem destas coisas.


As pequenas maravilhas surgem.
Passamos, e, nem damos por elas.


31/07/2015


L  U  A




Tão longe e tão grande a tua influência.





A força que existe em ti




Existem acontecimentos que mudam uma vida.
Não te deixes abater. 
A força maior está dentro de ti.
És mais forte do que alguma vez imaginaste.
Se és único, se és bom, serás ainda melhor.
Ondas vão, ondas voltam.
O que é teu, à tua praia virá parar.
Olha em frente e absorve as boas energias.



Novo e velho, lado a lado







Falar português - uma questão de identidade.


Em certas zonas, de Portugal, o inglês passou a ser a língua dominante e falada pela maioria portugueses, e, por vezes, mal.
A primeira "abordagem" faz-se, quase sempre, em inglês.


Relato de um acontecimento:

Numa certa manhã, ao levar uma das minhas filhas à equitação, passei pela herdade do meu tio.
Nesse campo existem alguns menires, grande atração turística.
Vinha a sair, pelo grande portão, um autocarro lotado de turistas estrangeiros, provavelmente.
Um pouco incrédula, parei o carro, dirigi-me ao motorista português, em português, e, perguntei:
- O que fazem por aqui?
O senhor fitou-me e respondeu:
- I don't speak English.
Wow! pensei.
Olhei para ele. Tentei perceber o que estava a acontecer.
- Mas eu estou a falar português.
Riu-se e começou a falar português.
Não achei muita graça.


Não temos que ter vergonha, da nossa língua nem de sermos portugueses, mesmo que digam que chegamos sempre atrasados, que falamos alto ou que buzinamos, por tudo e por nada. 
Valorizem a nossa língua, o nosso património rico em palavras, palavrinhas e palavrões que mais ninguém fala.
Primeiro, falemos a nossa, depois, a dos outros.
Façam publicidade  em português.
Mudem mentalidades, nem que seja devagar porque ser português é bom, é um conjunto de existências, vivências e interações tendo como base a língua de Portugal.



30/07/2015


Portas da vida



As portas que se fecham são as mesmas que se abrem.

Só depende de si, da sua força e da sua vontade, abrir ou manter fechada.

Se a deixar fechada nunca saberá o que teria acontecido se a tivesse aberto.

O mesmo acontece em relação aos rumos da sua vida.

Se escolher um caminho nunca poderá saber o que aconteceria se tivesse escolhido o outro.

Encha o bolso de pedrinhas da sorte, espalhe no caminho que escolher. 

Se não der certo encontrará sempre o caminho de volta. 

A porta que abriu poderá voltar a ser fechada.

E outras portas hão-de surgir, de madeira, de vidro, de ferro, de nada...



Arte e imaginação














Street Art, Barão de São João.

 Algarve - Portugal





Street Art.

Vila da Luz - Algarve - Portugal



Street Art.

Vila da Luz - Algarve - Portugal



Street Art.

Ferragudo - Algarve - Portugal
















Street Art.

Lagos - Algarve - Portugal





Street Art.

Algarve - Portugal



Street Art.

Lagos- Algarve - Portugal



Sapateiro,Street Art.

Porto 

Norte de Portugal


Street Art.

Porto 

Norte de Portugal





Street Art.

Lagos- Algarve - Portugal

É urgente que se mudem atitudes.

















Street Art.
Lagos- Algarve - Portugal


















Street Art, pormenor.
Lagos- Algarve - Portugal
















Street Art - Lagos

Algarve - Portugal
















Street Art - Lagos


Algarve - Portugal



Street Art - Ilha de S. Miguel - Açores

Homenagem a um grande actor.





Street Art - Lagos


Algarve - Portugal



















Street Art - Lagos

Algarve - Portugal

















Street Art - Lagos

Algarve - Portugal





Podem não gostar mas não deixa de ser Street Art.

Lagos - Algarve - Portugal















In love, Street Art - Lagos

Algarve - Portugal

















Street Art - Lagos

Algarve - Portugal

















Street Art


Lagos - Algarve - Portugal



Caminhando.

Street Art

Lagos - Algarve - Portugal


Caminhando.

Street Art

Lagos - Algarve - Portugal















Peixe.

Street Art

Lagos - Algarve - Portugal





Street art, pormenor.
Lagos - Algarve - Portugal


Tão simples e tão necessária.
Street Art.
Lagos - Algarve - Portugal



















Assinatura do artista.

Lagos - Algarve - Portugal


Seguindo o sonho...
Lagos - Portugal














Um outro olhar.

Lagos - Algarve - Portugal




Um outro olhar.
Lagos - Portugal




Atenta.

Lagos - Portugal


















Esperando que caia do céu.

















A pomba da Paz.





À janela.









Decoração em restaurante

Praia da Salema - Portugal










Street Art - Lagos - Portugal











Street Art











Casa velha - Lagos - Algarve - Portugal








Parede lateral de casa
Lagos - Algarve - Portugal




Muro de casa 


Bensafrim - Algarve - Portugal




28/07/2015

Água, o líquido essencial.


Beba água, mesmo que não lhe apeteça muito.
O seu corpo e a sua mente necessitam desse líquido como do ar que respira.
Mesmo devagar, vá tentando. Comece por um copinho.
Veja água. Fique junto ao mar, a um rio ou a um lago, obserse, contemple, medite e lave a sua alma.
Respire fundo. 
Está tudo bem.
Siga o seu caminho, vai chegar.





Turistas de verão - 3 atitudes que os residentes não suportam


Turismo existe todo o ano e em todos os lugares do mundo. Os turistas de verão são diferentes, querem gozar cada momento e cada cêntimo que lhes pertence. Nem todos são iguais, mas... têm atitudes que "marafam" quem não está de férias e tem que trabalhar o triplo.

  1. Condução em "modo stress", como se ainda não estivessem de férias e tivessem que cumprir horários;
  2. Desrespeito por sinais de trânsito, passadeiras e traços contínuos, como se andassem numa zona em que ninguém tem regras;
  3. Acampamentos e barulho, nas praias, com o maior desrespeito por quem se encontra na envolvência.
Sejam bem vindos senhores e senhoras turistas. 
Mudemos de atitude. 





27/07/2015

Uma família feliz



Uma família feliz, mesmo monoparental.





Prenda de aniversário - ofereça aquilo que tem e diz não ter.

Se não sabe o que oferecer no aniversário, de familiares mais chegados ou amigos queridos, dê um lindo presente, sem gastar dinheiro.


Ofereça o seu precioso tempo.
Não necessita de fazer embrulho mas esforce-se para que seja um dia bem "desembrulhado". Não complique. Não crie grandes expetativas, deixe-se levar... 
Ofereça o seu dia. Mostre ao aniversariante que a sua escolha foi uma escolha de valor incalculável, nesta altura em que ninguém tem tempo de sobra.
Acompanhe a pessoa que faz anos numa atividade ou numa visita que lhe dê prazer. Demonstre-lhe que está com ela, e, por ela, de verdade.
Divirtam-se. Façam desse dia, um dia especial.
Oiça. Muitas vezes dizemos não ter tempo para dar, para receber ou para escutar, isso acaba por ser uma grande desculpa. Assuma que não tem paciência para ouvir um desabafo ou para fazer o que os outros gostam.
Reflita. Quando acontece algum azar, o tempo aparece sempre, quer queira ou quer não queira...
Atreva-se a oferecer o seu tempo, sem cobranças, sem aborrecimentos. Ofereça, apenas.
Tenha a coragem de o fazer, mais vezes, como se fosse dia de aniversário. 

26/07/2015


Aniversário - envie um postal








 Se o seu filho ou filha celebram mais um aniversário, por estes dias, atreva-se a enviar um postal, de parabéns, pelos correios, à moda antiga.

Escolha um postal de acordo com aos gostos do aniversariante. Ainda existem muitas opções, por incrível que possa parecer.

A era dos postais virtuais e as mensagens de parabéns por MMS ou SMS são bastante interessantes e podem ser feitas com muita imaginação.

Desta vez, inove, voltando ao modo tradicional, do tempo dos avós.
Escreva as palavras que tem para dizer, e, tenha a certeza que esse postal vai ficar guardado por muito mais tempo do que uma simples mensagem de telemóvel.
Divirta-se com a cara de espanto.

Aproveite e dê uma lição de história. Mostre como a correspondência e as "notícias" vindas de longe, às vezes de bastante perto, chegavam à casa das pessoas. O percurso e o tempo que levavam, sem pressas, era uma coisa quase impensável nos dias que correm.

Visite o site dos CTT- Correios de Portugal, informe-se e informe.
Atreva-se a partilhar esta ideia.