20/06/2015

Sardinhas em molho de tomate

Sardinhas em molho de tomate

Esta receita deve ser confecionada com sardinha pequena, conhecida pelo nome de petinga.

Petinga - sardinha miúda de que os pescadores, antigamente, se serviam como isco.

Hoje, é difícil encontrar sardinha tão pequena. É proibida a sua captura, mas ainda se consegue encontrar, dentro do limite do que é permitido por lei. Acaba por ser um peixe caro, muito saboroso e rico em ómega três.

P'ra comer

Comece por visualizar o prato, se gostar, experimente...

Receita para 2 pessoas                                    

Ingredientes:
1/2 Kg de sardinhas pequenas                                   
3 colheres de sopa de azeite virgem extra                 
1 tomate grande, bem maduro                                   
1/2 cebola grande cortada em meias luas
2 tiras de pimento
1 raminho de salsa
1 dente de alho picado
1 folha de louro
sal grosso q. b.
1/2 copo de água
6 batatas novas médias

Material

2 caçarolas, com tampa
Colher para mexer o refogado
Colher de servir


Comece por comprar as sardinhas, bem frescas, no mercado local.
Se não estiverem amanhadas, comece por retirar-lhes a cabeça, as tripas e a ponta dos rabos. Este procedimento deve ser feito com alguma delicadeza para que o peixe não fique mole.

Sardinha amanhada e sardinha ainda por amanhar.


Quinze minutos antes de começar a preparar este prato, salpique as sardinhas, levemente, com sal grosso.

Prepare o refogado com:
  • azeite
  • tomate
  • cebola
  • pimento
  • alho picado
  • louro
  • salsa
Ingredientes


Quando o molho estiver um pouco apurado, grosso, adicione meio copo de água.
Deixe levantar fervura e junte as sardinhas, sem retirar o sal.
Cozinhe em lume brando até que as sardinhas estejam cozidas. Três minutos após levantar fervura.
À parte, coza seis batatas novas pequenas, com pele. Adicione sal q.b. à água da cozedura.
Antes de colocar as batatas na caçarola, dê-lhes um corte para que cozam mais depressa, e, absorvam melhor o paladar do sal.

Molho e batatas ao lume

Sardinhas e batatas confecionadas

Depois de cozidas, se preferir pode retirar a pele, das batatas, com a ajuda do garfo e de um canivete. Tenha cuidado para não se queimar.
Sirva as sardinhas com as batatas regadas com o molho, alho picado e oregãos.

P'ra comer

Se sobrar caldo e algumas sardinhas, reserve, no frio. 
No dia seguinte, faça massa do caldo.
Adicione água e massa fina. Retifique os temperos.








19/06/2015

Filhos diferentes

E, quem sabe o que é normal?

Se tem um filho ou uma filha que, perante os olhos de quem se considera normal, tem o rótulo de pessoa diferente, aprenda a conviver com essa realidade, não se entregue.
Despidos de boas roupas, de boas casas, de bons carros, de boas jóias e de outras coisas que tais, somos todos iguais.
Atreva-se a pedir ajuda. Fale sobre o assunto. Não esconda o seu desgosto ou sofrimento.
Fale com quem deve falar. Evite os falsos amigos. Seja superior a tudo isso.
E, no fundo do seu coração, seja feliz convivendo com essa diferença.
São seus filhos. Contam consigo. Talvez precisem dum abraço.
Atreva-se a amá-los bem.

17/06/2015

Espaço do cidadão

O Espaço do cidadão é um local onde os cidadãos podem aceder aos serviços digitais disponibilizados pela Administração Central.


Se necessita de:
  • Renovar a sua carta de condução
  • Alterar dados do seu cartão de cidadão
  • Pedir uma segunda 2ª. via do seu cartão da ADSE, etc.
Verifique se na sua área de residência existe um Espaço do Cidadão.

Aceda a:

 www.ama.pt 
 www.mapadocidadao.pt  

Informe-se quais os serviços disponíveis e os locais mais perto da sua área de residência (Municípios e Juntas de Freguesia).
Partilhe e divulgue esta informação.




O castigo


Se gosta de castigar o seu companheiro, não "fazendo amor" ou não praticando sexo, quando ele chega tarde, quando bebe uns copos ou quando se esquece de alguma coisa, atreva-se a mudar de tática.


Os homens brincam com esse tipo de situação.
Costumam exclamar:
- Esta noite, vou dormir no sofá!...
- Esta noite, vou dormir no tapete!...
- Esta noite, vou dormir no carro!...
E, muitas vezes, dormem mesmo.
Para quê?
Atreva-se a mudar o castigo.
Não tem necessidade de também ser castigada.
Se lhe apetecer "fazer amor" ou praticar sexo atreva-se a exigir.
Diga:
- Hoje apetece-me. Eu mereço.
No dia seguinte, de manhã, ordene:
- Limpa a casa de banho.
Mas, se o caso for mesmo grave, tire-lhe a chave de casa, a chave do carro ou a chave da Zundapp turbina.
Ponha-lhe a roupa à porta, sem malas.
Guarde as malas para fazer uma bela viagem.

16/06/2015

Vamos ser amigos

Vamos ser amigos



Mariana abriu os braços e gritou:
- Mamã, tenho tantas saudades tuas.
Andreia encostou-se à parede, estendeu os braços, e, respondeu:
- Eu também tenho tuas, minha fofinha.
-E o mano? - perguntou Mariana, ansiosa.
- O mano está a dormir. - respondeu a mãe.
- Ainda agora nasceu e já tem sono? - perguntou Mariana, com um certo ar de espanto.
- Sim. Anda vê-lo. - disse Andreia.
Entraram no quarto composto por três camas e três caminhas.
Andreia e Simão eram os únicos ocupantes. Estavam bem.
Mariana abeirou-se da caminha onde o irmão se encontrava.
- Ele é tão pequenino e tem um presente... - disse.
- Sim, ele é muito pequenino e frágil. Trouxe um presente para ti. - respondeu Andreia.
- P'ra mim? Posso abrir?
- Sim, claro que podes. - respondeu a mãe.
O pai, encostado à ombreira da porta, observava o quadro.
Mariana abriu o presente e exclamou:
- Oh, que bom! O ursinho que eu gostava. Obrigado. Vamos ser amigos...

15/06/2015

Há dias assim...

e, noites também.

Existem decisões que não podem ser adiadas.
Não podemos deixar que o nosso egoísmo faça prolongar o sofrimento dos outros.
Aproveite, sempre, para dizer:
- Gosto de ti!
Não sabe quando será a última vez.
Não modifique as suas atitudes e a sua maneira de ver a vida no dia em que vê alguém partir.

Modifique as suas atitudes e a sua maneira de ver a vida, agora.
Não se esqueça, estamos sempre no cais de embarque.





Seja doce. 
Não provoque maus sentimentos.
Liberte-se da raiva. 
Corra na praia. Dê uns socos, no vazio.
Modifique ou oriente as suas vontades.
Receba de volta...

Retire os espinhos, da sua vida, mesmo que seja devagar.